Ministro Barroso ressalta na abertura do ano forense do TSE as 225 mil mortes na pandemia a esperança da vacina e a vitória da ciência